Com a inauguração do estádio Iberê Ferreira de Souza (Iberezão), que aconteceu no dia 1º de novembro de 2003, veio a ideia de montar um time profissional de futebol em Santa Cruz, que pudesse representar a cidade nas competições estaduais.

A primeira pessoa a alimentar esse sonho foi o funcionário público e desportista João Cavalcanti de Albuquerque Filho (Joãozinho), que compartilhou o seu sonho com o amigo e também desportista Willians Ribeiro, que prontamente se colocou a disposição para seguir em frente com o projeto. Joãozinho conseguiu mobilizar outros desportistas, que até então só tinham tido experiência com o futebol amador (Jackson Jaedyson, Ernesto Luiz e outros), e também assegurou o apoio ao seu projeto da prefeitura municipal da cidade que tinha a frente o então prefeito Luiz Antonio Lourenço de Farias (Tomba), que seria escolhido posteriormente presidente de honra do clube.

Depois de toda a mobilização e algumas reuniões não demorou muito para a criação oficialmente do Sport Club Santa Cruz, que aconteceu no dia 30 de novembro de 2003.

     
               
       

As Primeiras Partidas

O primeiro passo, ainda como um time amador, foi observar os campeonatos da região para avaliar os jogadores que poderiam ser aproveitados pelo Santa Cruz. O grupo de jogadores que era comandado por Ernesto Luiz (primeiro técnico), foi se formando e o time realizava suas primeiras partidas amistosas.

O primeiro confronto contra um adversário da 1ª divisão do estado aconteceu em janeiro de 2004, num amistoso realizado no estádio Coronel José Bezerra (Currais Novos), contra o Potiguar daquela cidade, o placar terminou em 2 a 1 para os anfitriões.

Profissionalização

Só em abril de 2004 o time amador se transformou em um clube de futebol profissional, cujo primeiro presidente foi João Cavalcanti e o vice Ernesto Luiz, o objetivo era disputar no segundo semestre de 2004, a primeira edição do Campeonato Estadual da 2ª divisão que seria promovida pela Federação Norte-riograndense de Futebol – FNF.

Primeira Conquista

Para a primeira competição que o Santa Cruz disputaria como profissional, o Estadual da 2ª divisão a diretoria do clube trouxe jogadores experientes que foram mesclados com alguns garotos da região; O treinador foi o ex-jogador José Soares, que comandou o time na campanha brilhante em que o Santa Cruz ficou com o titulo do campeonato e consequentemente o direito de participar no ano seguinte do Campeonato Estadual da 1ª divisão

Naquele momento o Santa Cruz já era conhecido em todo o estado e já tinha uma torcida apaixonada, que nas partidas do Iberezão sempre esteve ao lado do time.

Mascote

A escolha do mascote do Santa Cruz se deu através de um processo democrático, onde os próprios torcedores puderam participar. A diretoria do clube organizou uma eleição de desenhos. O vencedor seria escolhido como mascote, depois de varias etapas venceu o desenho de um Gavião, por isso que o Santa Cruz também é chamado de “Gavião do Trairy”. O gavião (mascote), ave símbolo da região Trairy onde está localizado o município de Santa Cruz.

Cores

O verde, vermelho e branco do Santa Cruz não foram escolhidos aleatoriamente, na verdade são cores predominantes na bandeira da cidade de Santa Cruz. A escolha foi uma forma de homenagear a cidade como também a escolha do nome.

Curiosidades

No dia 10 de janeiro de 2010, o Santa Cruz foi convidado a participar de um amistoso em comemoração aos 20 anos da Associação Cultural Desportiva Potyguar Seridoense, o Potyguar de Currais Novos, no estádio Coronel José Berezza, em Currais Novos. O Potyguar contava com a participação do atacante Túlio Maravilha, ídolo do Botafogo/RJ e com passagens pela seleção brasileira. Com o estádio lotado e em clima de festa, o Santa Cruz não se intimidou e colocou água no chop do anfitrião, derrotando a equipe aniversariante pelo placar de 2x1, com gols de Ângelo e Mauro Carlos, calando o estádio CJB.

Em 2009 o Santa Cruz venceu as 5 primeiras partidas pelo campeonato estadual e igualou-se ao feito do ABC Futebol Clube, com o melhor início de campanha da história do campeonato Norte-riograndense.

     
               
          CLIQUE AQUI PARA OUVIR O HINO DO SANTA CRUZ      
       

UNIFORME ATUAL

     

MASCOTE

     
               

 


                       

Volta à página inicial.